Pretty Girls Klondlike Solitaire | Paciência + Waifus = Vício

Pretty Girls Klondlike Solitaire | Paciência + Waifus = Vício

15/08/2021 0 Por Geovane Sancini

Existe uma lenda de que certamente paciência é o jogo mais jogado nas repartições do nosso país, e talvez do mundo.

O quanto disso é verdade, não sei. Mas o fato é que como o jogo de paciência vem pré instalado com o Windows desde mil novecentos e guaraná bolinha, acaba sendo o passatempo numero 1 para o tédio em locais calmos. Especialmente quando se está sem internet (como quando comecei a escrever essa análise).

E o povo gosta de anime, então… Porque não juntar as duas coisas?

Foi esse o pensamento da Zoo Corporation, que pegou algumas waifus, misturou com paciência e CABLAM! Assim surgiu Pretty Girls Klondlike Solitaire, primeiramente lançado para PC no Steam e neste ano foi portado para PlayStation 4, PlayStation 5 e Nintendo Switch.

O jogo não tem história, então vou inventar uma

Cansadas de participar de fornicações escritas com menos roteiro que um panfleto da Igreja Universal (calma que a piada vai fazer sentido depois), dez mulheres resolvem abrir um clube de paciência, e o jogador que vencer os jogos ofertados por elas, verão suas roupas magicamente mudadas.

Como bom otaku, nosso herói resolve encarar o desafio de jogar a boa e velha paciência…

Vish, foi curto, mas enfim, a piada aqui é com o fato de que as personagens do jogo em si, são licenciadas diretamente da produtora Miel/Norn (dependendo da novel, o selo é diferente, mas são a mesma empresa), responsável por diversas novels que são basicamente nukige (e numa tradução grosseira, porém correta significa “material de bronha”), e não possuem roteiros lá muito desenvolvidos, especialmente os jogos mais recentes.

Os jogos dessa produtora são distribuídos em inglês pelo braço ocidental, a Cherry Kiss Games e boa parte está no Steam.

Paciência com um bugzinho aqui

Pretty Girls Klondlike Solitaire

O jogo em si, como dito, é a boa e velha paciência. Acho que não é necessário explicar tanto, mas vamos lá. Uma das coisas que a falta de internet me ensinou, é que existe mais de um tipo de paciência, claro, pelo Windows eu sabia que tinha o Paciência Spider. Mas não sabia que Free Cell era outra variante. E a paciência tradicional que conhecemos, é a Klondlike.

Basicamente um baralho nos é dado e temos que separar em quatro pilhas por nipe, do ás ao rei, mas até podermos organizar, precisamos tirar uma carta por vez e organizar no tabuleiro, de cima pra baixo, da maior pra menor, alternando entre preto e vermelho. Olhando assim parece supercomplexo, mas é paciência, e você provavelmente sabe como jogar, seu pai sabe jogar, e até aquele seu primo chato pra caralho sabe jogar.

LEIAM – Streets of Rage – Master System

O jogo é dividido em 3 dificuldades, fácil, normal e difícil. Ainda que quase todas as conquistas do jogo não estejam ligadas a dificuldades, as dificuldades garantem um pouco de replay. Apesar disso, a única alteração de dificuldade do Normal pro Hard é que ao invés de puxar uma carta, você puxa três, e não possui auxílio algum, o RNG do baralho nem sempre vai te ajudar. No Normal e no Easy, temos auxílios, como re-embaralhar as cartas fora do tabuleiro e tirar uma carta que (pode) lhe auxiliar, das cartas ainda ocultas no tabuleiro.

Sim, é paciência e sim, é simples a beça. Mas ainda assim, toda a apresentação do jogo é bem feita. Algumas personagens tem mais de uma roupa, que é aleatória e influencia nos troféus necessários para a platina.

Porém, nem tudo são flores no jogo. Existe um pequeno bug (não sei se é só nas versões de console) que impede que se volte da tela de Stage Clear pra Stage Select. Não quebra o jogo, mas certamente não deixa o seu status de vitórias em 100%.

Visualmente competente, sonoramente atraente

Pretty Girls Klondlike Solitaire

Os visuais do jogo são bastante aceitáveis. E é esse tipo de coisa que separa jogos de carteado (virtual) bons dos ruins.

Não é só colocar umas imagens, fazer o joguinho e uns hentão mal feito. A estética do jogo é boa, os sprites são “volumosos” se é que me entendem. Os cenários são bem desenhados. Não sei se foram removidos das novels de origem das personagens, mas complementam muito bem a jogatina.

LEIAM – O meu primeiro Sega Saturn

A trilha sonora do jogo… Não foi composta para ele. Basicamente são músicas Royalty Free, que você adquire em sites como o Dova-Syndrome para uso em vídeos, jogos ou podcasts. Mas ainda assim, são músicas bem escolhidas e agradáveis. Inclusive uma das músicas eu reconheci que foi utilizada em alguns vídeos do Hololive. A dublagem se utiliza clipes de áudio, que acho que são das novels originais, mas não as joguei para saber com exatidão.

Honestamente, só compre se quiser uma platina fácil

Pretty Girls Klondlike Solitaire

Se eu recomendo Pretty Girls Klondlike Solitaire? Sim, é um bom jogo e viciante. Porém, você tem paciência no PC, gratuito.  Então, a questão é: Será que devo comprar? A resposta é: Somente se quiser uma platina fácil.

Pretty Girls Klondlike Solitaire está disponível para PC, PlayStation 4, PlayStation 5 e Nintendo Switch.

Essa análise foi feita com uma cópia digital de PlayStation 4 gentilmente cedida pela Eastasiasoft.