Eu queria dizer que tem uma razão muito boa para esta lista existir, que eu queria variar meus artigos ou mesmo escrever um artigo novo fora de análises e a eventual notícia aqui e ali, mas a verdade é que listas são fáceis de produzir e geram certa discussão.

É de conhecimento público que eu gosto bastante de Nekopara, uma série de visual novels que se vende como “meninas gato fofinhas”, mas tem uma camada que a maioria das pessoas não percebe.

Inclusive certos sites de anime aí chamando o anime de Nekopara de sexista, sendo que o anime não tem nada descambado pro ecchi, com a acusação soando como uma projeção do próprio sexismo.

LEIAM – 112th Seed | A Semente da salvação

A verdade é que essa narrativa cai, quando você percebe que Nekopara foi criado por uma mulher (Sayori).

Enfim, Nekopara tem um elenco variado, com personagens preenchendo diversos estereótipos, e achei que seria divertido fazer uma lista com rankeando as gatinhas de Nekopara, da minha menos favorita para a favorita.

Vou explicar as razões e esmiuçar um pouco a personalidade de cada. As gatinhas apresentadas em Nekoparaiten (o jogo mobile) não estarão na lista, porque não joguei para conhecer melhor cada gatinha que aparece lá.

#9 Cacao (Nekopara Anime)

Nekopara

(Arte feita por Enshu Shonai Walker, no pixiv) https://www.pixiv.net/en/artworks/81406644

Cacao é a gatinha de rua encontrada por Chocola no anime de Nekopara. Sendo uma gatinha mais ou menos da idade que Chocola e Vanilla na época em que foram adotadas pelos Minaduki, ela é tímida e raramente fala, embora tenha se afeiçoado bastante aos Minaduki (em especial, Chocola.) ao decorrer da série.

O fato de não termos confirmação de que Cacao vai aparecer em alguma mídia além do anime a coloca nesta posição, porque é uma personagem adorável e o progresso dela em se abrir mais com a nova família é um ponto positivo da série.

#8 Milk (Nekopara Vol. 1, Nekopara Vol. 2, Nekopara Vol. 4)

Nekopara

(Arte feita por Rooby_N no pixiv) https://www.pixiv.net/en/artworks/80618917

Milk é a gatinha adotada pela dona da barraquinha de Takoyaki que Kashou, Chocola e Vanilla visitam no Vol. 1, e é salva de um atropelamento por Coconut no Vol. 2.

Antes uma gatinha de rua, encontrou na sua nova mãe, uma família e se tornou uma gatinha sociável e extrovertida, sabendo lidar facilmente com as pessoas a ajudando a promover a barraquinha de Takoyaki se sua mãe.

A posição em que se encontra, é devido a pouca participação que teve nas novels presentes, logo, não criando uma conexão com o jogador. Talvez isso mude no Vol. 4, onde Milk irá reaparecer, mais crescida.

Como curiosidade, Milk tem a mesma Seiyuu da Shigure, Mai Nagai.

#7 Shigure Minaduki (Orelhas de gato falsas)

Nekopara

(Arte feita por Jroy no pixiv) https://www.pixiv.net/en/artworks/48209628

Shigure é a irmã leal e que dá suporte ao sonho do irmão de ser confeiteiro de maneira irrestrita, mesmo que isso signifique que ela vai ter problemas com os pais em casa. Ela também criou as gatinhas para que tenham maneiras e possam conviver em sociedade, tendo orgulho disso.

O trabalho duro de Shigure é parte da razão pela qual o La Soleil é um estabelecimento bem sucedido, já que ela investe em marketing usando as gatinhas. Também é notável que Shigure quer mais que ninguém chegar nas calças do próprio irmão, e mesmo com as declarações mais claras que uma albina vestida de noiva no meio da neve, Kashou não percebe o que a irmã sente.

Porém, o que deixa Shigure aqui nesta posição, não é o fato da Shigure querer que o irmão deposite seu creme nela, pois eu, assim como muita gente no Alabama, não tenho problema com incesto, desde que seja na ficção (afinal, são pessoas que não existem, logo, sem problemas, eu sei separar ficção da vida real).

O que deixa Shigure nessa posição, é que além de não termos um desenvolvimento real para que Shigure mostre realmente como ela é, é que o brocon (brother complex) dela chega a ser irritante, além dos maneirismos da mesma.

E de acordo com a Sayori (criadora da série), isso deve continuar um pouco, já que a Shigure só deve chegar nas calças do irmão no Vol. 5. Curiosidade que ninguém perguntou: Enquanto que nas novels e nos dois OVAs, a Shigure é dublada pela Mai Nagai (que usa o pseudônimo de Sakura Emi nas novels), no anime de Nekopara, quem faz a voz dela é a M.A.O. (Pseudônimo de Mao Ichimichi, também conhecida como Luka Milfy, a Gokai Yellow).

#6 Azuki

Nekopara

(Arte por △ no pixiv) https://www.pixiv.net/en/artworks/81225586

Quem já me viu ou me conhece como jogador de Visual Novels, sabe que eu tenho tendência a curtir tsunderes. Porque basicamente são meninas que tem dificuldade em manifestar o que sentem e acabam sendo ríspidas com o alvo do afeto.

Azuki é o que se poderia chamar de Tsundere, ela é sempre ríspida, um tanto boca suja e direta e é a mais velha das gatinhas, mesmo sendo menor que a maioria. Apesar do exterior duro, Azuki tem um coração mole e está sempre se esforçando para cuidar das gatinhas mais novas, vide o vínculo que ela tem com Coconut

São raros os momentos em que Azuki abaixa a guarda e mostra esse coração mole e fragilidade, e geralmente eles acontecem quando ela se aproxima de Kashou, no volume 2.

O que fez com que ela ficasse aqui na sexta posição? É que usualmente, a personalidade ríspida dela é barulhenta e me irrita um pouco. E eu reavaliei outra personagem, o que fez com que ela caísse no meu ranking.

#5 Vanilla

Nekopara

(Arte feita por Miika no pixiv) https://www.pixiv.net/en/artworks/81260249

Uma das mascotes da série e personagens criadas lá no início, ainda na época das ilustrações e doujins da Sayori, Vanilla é inseparável de Chocola, tanto que Azuki se refere as duas como ChocoVani. Vanilla raramente deixa transparecer os sentimentos, optando muitas vezes por utilizar de artifícios como piadas fora de ocasião e comentários maliciosos.

Ela é o completo oposto de Chocola, mas as vezes (geralmente indo na onda da Chocola) deixa transparecer um pouco de adorabilidade, ainda que o tom de voz não seja muito diferente do normal. Foi difícil escolher entre a Vanilla e a Azuki, mas talvez a Vanilla tenha ficado aqui porque ela não é barulhenta como a Azuki.

#4 Cinnamon

Nekopara

(Arte feita por NAK no pixiv) https://www.pixiv.net/en/artworks/64680477

Originalmente, eu havia colocado a Cinnamon no sexto lugar de uma possível lista, mas isso foi antes do Vol. 3. Porque antes do Volume 3, tudo que você sabe sobre a Cinnamon é: Ela é uma tarada que se molha com facilidade. O Volume 3 deu um pouco mais de tridimensionalidade a ela.

Antes, uma garota solitária que pouco interagia com as irmãs mais velhas (Maple e Azuki), Cinnamon passou a ser mais aberta por conta de Maple, o que a levou a ser a melhor amiga da mesma. Cinnamon também é bastante astuta e atenta aos seus arredores, percebendo pequenos detalhes que passariam desapercebidos por outros.

#3 Chocola

Nekopara

(Arte feita por Arthur_EC4869 no pixiv) https://www.pixiv.net/en/artworks/80331313

Chocola é a principal mascote de Nekopara e a primeira criação da Sayori no universo de Nekopara, e certamente ela cativou muitas das pessoas justamente por ser uma personagem completamente transparente. Ela fala o que sente e mesmo não entendendo muito bem, segue com a maré.

LEIAM – Love³ | É tanto amor que não cabe numa waifu só

Ela é animada, cativante e raramente fica triste, e nas vezes em que isso acontece, ela dá a volta por cima. No anime, foi mostrado um lado irmã mais velha de Chocola, sempre preocupada com a Cacao, especialmente no episódio onde a mesma vai dormir na casa da Chiyo.

#2 Coconut

Nekopara

(Arte feita por Seraphim no pixiv) https://www.pixiv.net/en/artworks/83666659

Você olha pra Coconut e pensa… Minha nossa, que mulherão, alta pra caramba, mó ar de menina madura. E é essa a impressão que você tem, quando joga o primeiro volume de Nekopara, só que aí vem o segundo volume e subverte suas expectativas.

Coconut parece madura, segura, até que você descobre que ela é complexada justamente porque o corpo dela é mais desenvolvido que o da maioria das meninas (com exceção da Cinnamon) e ela quer ser vista como graciosa, só que é desajeitada justamente porque é alta. No decorrer do volume 2, ela pede ao Kashou pra poder voltar a chamá-lo de onii-chan, como antigamente.

A princípio parece esquisito, mas isso passa a fazer sentido depois que você vê lê o Nekopara Extra (ou assiste ao OVA baseado nessa mini-novel), já que descobrimos que não fazia muito tempo, a Coconut era tão pequena quanto a Chocola e a Vanilla, e costumava a chamar o Kashou de Onii-chan.

E como alguém que desenvolveu bastante o corpo em um curto espaço de tempo, ela não sabe bem como agir de acordo e acaba passando uma imagem que não é ela. Isso torna a tarefa de tornar a Coconut confortável como ela é, uma tarefa agradável.

#1 Maple

Nekopara

(Arte feita por △ no pixiv) https://www.pixiv.net/en/artworks/80585043

Quem leu meu primeiro livro, Paixão Destinada já sabia quem apareceria aqui.

Maple é aparentemente a gatinha mais madura dos Minaduki. Calma, concentrada, orgulhosa e sem tempo para o nonsense. Essa é a imagem que ela passa. Só que aos poucos descobrimos que não é assim.

Ela tem a língua sensível a coisas quentes, tem medo de escuro e fantasmas. Também é um bocado insegura a respeito de seu próprio talento como cantora e tem medo de decepcionar aqueles que deram apoio a ela. Tem dificuldades em se abrir, mas depois que ela passa a ser mais honesta, é difícil resistir a ela.

Sem contar que as cenas adultas com ela são as melhores da série, pela condução, e por mostrar um lado mais vulnerável da personagem, que faz com que queiramos protegê-la.

Nekopara

(Arte extraída do artbook Nekopara Chronicles, da Sayori)

Finalmente, meu ranking pessoal com as meninas da série Nekopara. Talvez haja revisões para fazer no futuro, já que Nekopara Vol. 4 chega em novembro para PC e teremos uma nova gatinha disponível, além do retorno da Milk Se você curte listas, fique ligado porque possivelmente teremos alguma outra lista com waifus aqui no site.

Author: Geovane Sancini

Geovane, mais conhecido como Sancini (ou Kyo, se você for velho o suficiente pra lembrar do nick antigo dele) é um escritor e speedrunner que joga videogames desde que se entende por gente.