01/04/19 - Arquivos do Woo

Quando chove em Elsweyr, é uma tempestade. Não apenas a ameaça vem de cima, com os dragões, no mais novo Capítulo de Elder Scrolls Online, como também de baixo, na forma de mortos-vivos, surgindo dos túmulos para o combate. Cortesia da aguardada classe Necromante, que chega com Elder Scrolls Online: Elsweyr.


O jogo Prey chegou ao serviço do Xbox Game Pass no dia 11 de Março para a alegria dos usuários da plataforma Xbox. É mais uma excelente adição ao catalogo que já passa dos 200 jogos e conta com títulos de peso.

Bem, eu não podia deixar uma notícia como essa passar em branco, por isso, decidi falar um pouco mais da minha experiência com o jogo. Sim, eu ainda estou jogando Prey. No momento estou com mais de 27 horas de campanha - Alias, vocês podem conferir um resumo das minhas primeiras horas aqui

Eu estou próximo do fim do jogo, pelo menos dois caminhos rumos ao final eu já completei, mas eu quero mais. Quero saber mais sobre Talos I, eu não quero ir embora tão cedo, por isso decidi focar nas missões secundárias ainda em aberto. Infelizmente em algum momento vai acabar, sinto que estou prestes a descobrir os segredos por de trás dos Typhons e a família Yu

Agora que consegui atiçar um pouco da sua curiosidade a respeito do título, aconchegue-se na cadeira, pois irei lhes contar sobre minhas aventuras em Talos I.

Quando foi a última vez que escrevi uma análise? Vish, no começo de março. Pois é, e pra escrever essa aqui eu enrolei muito, mas muito mesmo. O motivo? Bem, além dos outros artigos que escrevi, tenho trabalhado no meu quarto livro há pelo menos um mês (E tive que reescrevê-lo porque o arquivo corrompeu e eu não tinha um backup) e tenho feito speedruns.

Mas enfim, chega de reclamar da minha vida e vamos ao que interessa. Dead or Alive Xtreme começou lá atrás, no primeiro Xbox, quando a Microsoft queria agradar o público japonês  e fez acordos para exclusividades com algumas publishers, foi assim que tivemos Dead or Alive 3, 4, Ninja Gaiden, Ninja Gaiden Black e Ninja Gaiden II em consoles da casa do Tio Bill Gates.



Sabem, às vezes eu me pergunto: Por que eu gosto de videogames? A resposta pura e simples é: são divertidos, neles eu posso ser literalmente o que quiser. Uma caçadora de zumbis que usa espadas e biquinis pra fatiar mortos e vampiros (Onechanbara), um soldado numa guerra do oriente médio onde minhas escolhas e ações não importam (Spec-Ops: The Line), o Presidente dos Estados Unidos indo salvar o universo de uma raça alienígena tirana, portando um dildo roxo e usando superpoderes (Saints Row IV), uma fatia de pão (I am Bread), uma Ninja que mesmo sendo considerada fugitiva, vai lutar para salvar suas irmãs (Deador Alive 6). As possibilidades são literalmente infinitas, pois há jogo com todo o tipo de temática para todo o tipo de gosto.


Bom, se você ficou empolgado com a revelação de algumas das características técnicas do próximo PlayStation... Lamento dizer que seu leque de opções pode ficar bem limitado. Com a Sony revelando, segundo matéria do Wall StreetJournal, que possui um setor específico dedicado a verificar o conteúdo de todos os jogos a serem lançados na plataforma e vetar tudo aquilo que não seguir determinadas normas, trocando em miúdos, censura.  

Mutantes feiosos. Samurais invisíveis. Búfalos pacíficos que podem ou não ter sussurrado insultos com seus bafos de búfalo. Se existe no mundo aberto de RAGE 2, há uma chance extremamente grande de estar lá para te matar.


Pode comemorar! O Melhor Jogo de Corrida de 2018 para Nintendo Switch, segundo o Metacritic, está disponível na Loja Nintendo, na loja oficial brasileira da Nintendo você encontra games digitais para o Nintendo Switch. E segue com preço acessível ao público brazuka: apenas R$ 49,90, exatamente como aconteceu com as outras plataformas! 

Quem comprar leva pra casa todo o conteúdo exclusivo de Nintendo Switch e os das outras plataformas, incluindo o imperdível modo de jogo Playground de Horizon Chase Turbo.


Pegue sua insígnia de advogado e prepare-se para batalhar nos tribunais, porque Phoenix Wright™: Ace Attorney™ Trilogy está disponível a partir de hoje para a família de dispositivos Xbox One, incluindo o Xbox One X, para o sistema de entretenimento de computador PlayStation®4, sistema Nintendo Switch™ e PC.



Dead or Alive Xtreme 3 Scarlet foi lançado no final do mês passado para PlayStation 4 e Nintendo Switch, mas, assim como a edição anterior (Fortune/Venus), é meio improvável que o jogo chegue no ocidente, onde aparentemente é errado garotas bonitas usarem biquinis em ambientes tropicais, e a Koei Tecmo não quer fazer um mod onde todas usam burcas, mas algumas pessoas (como eu) se aventuraram a comprar o jogo, e depois de mais 60 horas investidas, este aqui é o guia mais completo que você vai encontrar do jogo, pelo menos em português. 

Esse guia também funciona para o DOA X3 Fortune/Vênus, com exceção das meninas novas.


Eu tinha 12 para 13 anos, era abril de 2001, meus pais haviam escondido essa fita de vídeo game, de mim para me dar de presente e sem querer fui fazer um serviço de casa para minha mãe e encontrei uma caixa vermelha, resolvi pegar e vi que era Perfect Dark, eu desacreditei que era, mas o peso, o plástico que envolvia a caixa e o cheiro de nova me faziam quase chorar de alegria.


Recentemente, os fãs de jogos de nicho receberam uma notícia um tanto impactante, no caso, o lendário “produtor dos peitões” Kenichiro Takaki deixou a Marvelous após treze anos na empresa. Seguido disso, a Famitsu fez uma entrevista com o produtor, que contou sobre as razões da saída dele, seus projetos e algumas ideias de jogos que ele gostaria de fazer.


Explicação confusa sobre a ideia geral de um jogo de música 

Persona 5: Dancing in Starlight é, junto com Persona 3: Dancing in Moonlight, sequência do aclamado jogo de PS Vita Persona 4: Dancing All Night, onde bonecos (vou evitar usar palavras com prefixo "persona" demais nesse texto, mas vai ser difícil!) da série dançam na tela ao som de músicas de seus jogos, além de remixes das mesmas.