Ninjin: Clash of Carrots | Coelhos, raposas e cenouras - Arquivos do Woo

Ninjin: Clash of Carrots | Coelhos, raposas e cenouras


Ninjin: Clash of Carrots chamou muito a minha atenção, não só pelo design cartunesco (que eu gosto bastante) ou seu gameplay, mas também pelo jogo ter sido desenvolvido um estúdio brasileiro, o Pocket Trap.

É sempre muito gratificante saber que estúdios brasileiros estão conseguindo levar seus jogos aos consoles da atual geração. Torço que isso passe se tornar cada vez mais comum nas próximas, pois temos muitas pessoas talentosas por aqui.

Agora vamos direto ao ponto.
Em Ninjin: Clash of Carrots temos a missão de recuperar as cenouras que foram roubadas de nosso vilarejo por um malvado Shogun. Só que para conseguirmos concluir essa missão, precisaremos utilizar de todas nossas habilidades e arsenal ninja.

O arsenal é grande e realmente faz a diferença a medida que você avança na jogatina, pois o número de inimigos e obstáculo chega a ficar ridiculamente desafiador. O que acaba forçando o jogador a rejogar algumas fases anteriores na busca de acumular o maior número de cenouras possível para melhorar o equipamento.



Vale ressaltar colocaram diversos itens em homenagem a outros jogos famosos, como a espada do Cloud de Final Fantasy VII. Há muitas coisas para serem compradas ou coletadas no jogo, desde mascaras, espadas e armas de arremessos, como kunais e afins. No total são 101 espadas, 40 armas de arremessos e 28 artefatos, alias, esses artefatos concede melhorias ao personagem.

O coelho Ninjin, ou a raposa Akai, dependendo da sua escolha, também pode utilizar um dash para passar pelos inimigos ou desviar dos ataques. O que vai exigir certo controle do jogador, uma vez que essa habilidade é limitada  por uma barra, que sempre que esgotada recarrega lentamente.

Um outro pontos positivos do jogo é que ele tem diálogos super bem humorados, é quase impossível não rir com alguns deles.O que é uma decisão acertada, pois apesar das fases serem curtas, para progredir você vai ter que jogar muito e a temática leve e humorada acaba facilitando a repetição.


O jogo segue um formato de runner mas com beat',n up, o que casaria perfeitamente com smartphones. Não sei se chegou foi lançado para os smartphone mas eu acho que faria um certo sucesso graças ao formato runner/ beat'n up.

Apesar de termos a disposição dois personagens para escolher, não existe diferença alguma entre eles. É mais pela estética essa opção, uma vez que é possível um coop local  ou cooperativo online, além de um modo competitivo chamado de "Programa de Televisão da ONI" onde você enfrenta outros jogadores online.

Ninjin: Clash of Carrots é desafiador, até um pouco injusto em alguns momentos mas não é impossível. Certos momentos o personagem parece não corresponder a ação do jogador, isso meio que dificulta um pouco mas nada que possa comprometer toda a experiência.

Com diversos coletáveis o jogo possui um fator replay alto, principalmente se você gosta de um coop local. Se você procura por títulos que possam proporcionar algumas horas a fio com um colega do lado, possivelmente vai se divertir com Ninjin, até mesmo se for só do tipo que procura por um desafio para passar algumas horas naquele fim de tarde.

Abaixo vocês podem conferir um trailer do jogo:



Essa analise foi feita com uma cópia cedida pela Modus Games para o Xbox One.

0 comentários:

Postar um comentário