Panini lança campanha da turma da Monica para estimular leitura dos clássicos - Arquivos do Woo

Panini lança campanha da turma da Monica para estimular leitura dos clássicos


A Turma da Mônica, maior sucesso editorial em quadrinhos no Brasil das últimas três décadas, inicia o ano em grande estilo com uma campanha, realizada pela PANINI, em todo o território nacional. 

Os mais famosos personagens de Mauricio de Sousa e suas aventuras no Bairro Limoeiro ganham espaço nobre em campanha de alto impacto e visibilidade que abrangerá pontos de venda, TV aberta e por assinatura, anúncios das revistas MSP e estações de Metrô. Sob o mote "Diversão em Quadrinhos", a ação busca aproximar ainda mais os leitores das histórias impressas da Turminha e, assim, aumentar o contato com os personagens.

Os fãs da publicação também podem encontrar a Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão nos metrôs da cidade de São Paulo. Painéis nas estações Pinheiros, Paulista e República da linha amarela ostentam a campanha em cores vibrantes. Na estação luz, o filme da Turminha, com duração de 15 segundos, é exibido em grandes formatos e ainda no led circular fixado bem no centro do local. A transmissão continua a acontecer nos monitores internos dos vagões das linhas amarela, vermelha, verde e azul.

Para agregar mais glamour à campanha, os filmes estão inseridos em canais de TV aberta e a cabo. Emissoras como SBT, TV CULTURA, DISNEY (SD E HD - MUNDO DISNEY NO SBT), CARTOON, BOOMERANG e GLOOB entram na brincadeira e divulgam a clássica turma. O filme e a campanha gráfica utilizam fundos divertidos e coloridos, com os personagens e suas tradicionais onomatopeias (POF, SOC, CABRUM e outras). As mensagens remetem ao contexto de aventura, confusão e gargalhadas, em revistas que divertem e ensinam. Os cartazes e filmes para a TV trazem estampados as edições número 33 das aventuras da Turma da Mônica e seus amigos, que já podem ser encontradas em bancas e revistarias de todo o país.

Uma pesquisa executada pelo Datafolha aponta que 85% dos brasileiros concordam que os gibis da Turma da Mônica incentivam a leitura de livros de modo geral. 80% consideram que as revistas em quadrinhos têm um papel importante na alfabetização das crianças no Brasil e 64% concordam que os gibis da Turma da Mônica ajudaram seus filhos a aprender a ler.

*Pesquisa do Datafolha realizada de 7 a 9 de março de 2017, com 2.100 entrevistas, distribuídas em 130 municípios brasileiros, com margem de erro de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%.

Turma da Mônica

A história entre a Turma da Mônica, seu criador Mauricio de Sousa e a PANINI, iniciada em 2007, é considerada uma das mais expressivas parcerias editoriais do mundo, pelos benefícios gerados tanto para o público leitor de quadrinhos como para o mercado infanto-juvenil nos últimos anos no Brasil. Unindo a expertise da editora multinacional à genialidade das obras do estúdio Mauricio de Sousa, grandes lançamentos tiveram enorme repercussão e se tornaram marcos no segmento, a partir das histórias clássicas da Turma da Mônica.

Entre eles, um dos momentos mais antológicos para Mônica e sua turma: o lançamento da revista Turma da Mônica Jovem, em que os personagens outrora eternamente crianças finalmente crescem e se tornam adolescentes (2008). Um fenômeno sem precedentes que tomou conta das bancas, colégios, shoppings, rodas de conversas e onde quer que jovens estivessem leitores reunidos. Também fazem parte da trajetória de sucesso da parceria o lançamento da coleção que comemorou os 50 anos da carreira de Mauricio de Sousa (2009), em que Mônica e sua turma ganharam releituras executadas por outros artistas brasileiros, culminando no lançamento do selo Graphic MSP (2012), que dá continuidade ao projeto. Muitos outros títulos integram a excelente fase da personagem nos últimos anos e seus desdobramentos, como a volta da revista do Pelezinho (2012), a revista Mônica nº 500 (2011), as miniaturas colecionáveis Gogo´s de todos os personagens (2011), as coleções históricas (2007), as revistas da Turma da Mônica em inglês e espanhol (2014), o reinício da numeração dos quadrinhos para uma nova geração de leitores (2015) e a coleção Clássicos do Cinema (2017).

Mauricio de Sousa

Iniciou sua carreira como ilustrador na região de Mogi das Cruzes, próximo de Santa Isabel, onde nasceu. Aos 19 anos, mudou-se para São Paulo e, durante cinco anos, trabalhou no Jornal Folha da Manhã (atual Folha de São Paulo), escrevendo reportagens policiais. Em 1959 criou seu primeiro personagem, o cãozinho Bidu. A partir daí vieram, Cebolinha, Cascão, Mônica, e tantos outros. Em 1970, lançou a revista Mônica. Depois de passar pela Editora Abril e Editora Globo, assinou contrato com a multinacional italiana Panini.

Sobre a Mauricio de Sousa Produções

A Mauricio de Sousa Produções (MSP) é uma empresa que produz histórias em quadrinhos no Brasil há mais de 56 anos e é responsável por uma das marcas mais admiradas do país, a Turma da Mônica. Na área editorial, a empresa alcançou o número de mais de 300 títulos até hoje, e detém mais de 80% do mercado de histórias em quadrinhos do Brasil. A companhia é responsável pela criação de 400 personagens, que já venderam mais 1 bilhão de revistas, responsáveis pela alfabetização informal de milhões de brasileiros. A MSP investe em tradição com inovação e produz conteúdos disponíveis em várias plataformas com a mais alta tecnologia, aliando educação, cultura e entretenimento. No licenciamento, a MSP trabalha com uma média de 150 empresas que utilizam seus personagens em mais de 3 mil produtos.

Sobre a PANINI

O Grupo Panini, fundado há mais de 50 anos em Modena - Itália, com subsidiárias em países da Europa, Estados Unidos e América Latina, é líder mundial no setor de colecionáveis e a multinacional líder na publicação de quadrinhos, revistas para crianças e mangás na Europa e América Latina com exportação para mais de 110 países. Publica desde 1961 álbuns de figurinhas de futebol e adquiriu direitos exclusivos para as coleções oficiais da Copa do Mundo FIFA – Rússia 2018.

0 comentários:

Postar um comentário