Em 1992 surgiu um programa voltado as crianças de 4 á 6 anos, intitulado de “Barney e seus amigos”. O alvoroço foi enorme, sucesso absoluto, algo que se assemelha ao sucesso de Galinha Pintadinha, Peppa Pig e Xuxa para Baixinhos.


Só de lembrar sinto um friozinho subir pela espinha.

As musicas – uma melodia diabólica – causava um estado de transe assustador  nas crianças. Todas as cantavam juntos com o Barney, quando assim ele o ordenava.


Depois de alguns anos o personagem saiu da TV aberta e não tive mais notícias, até que aconteceu, enquanto procrastinava pela internet e decidi verificar a biblioteca do Mega Drive em busca de algo diferente.


Me deparei com Barney Hide & Seek e pensei “Hey, não deve ser tão ruim quanto ao programa”, eu estava errado.

Selena Gomes e Demi Lovatto estão nessa foto – Te odeio Barney
O enredo é maravilhoso e digno de um Oscar: Barney convida seus amigos para brincar de esconde-esconde na floresta.

Thats it, simples e direto, chupa Ang Lee!

No comando do dinossauro purpura você precisara encontrar todas as crianças escondidas, enquanto manda beija lixeiras, abelhas, ursos, castores e borboletas que se esfregam em sua cara de forma libidinosas.

Ah, mas se isso não é o bastante para que você jogue o cartucho contra a parede, saiba que é preciso (não obrigatório) colher os brinquedos espalhados pelo cenário.

O game é apenas isso, beijos, abraços, esfregação no rosto, ainda não sei porque estou falando sobre esse jogo – É difícil não pensar que o público desse dinossauro não tenha tentado enfiar o joystick dentro do orifício nasal enquanto jogava, pois o público gamer daquela época estava ocupado demais jogando Sonic, Shinning Force e Shadow Dancer, para dar uma chance ao dinossauro púrpura.

Bem, não vou ser tão cruel, até porque eu cresci assistindo ao “O Elo perdido” então a ideia de um dinossauro que não tentasse me devorar parecia muito idiota.




E por hoje foi só essa tortura gamística, quem sabe na próxima eu não tento me aventurar nos games da Barbie.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Author: Diogo Batista

Criador e Editor-Chefe do Arquivos do Woo, além de ser um eterno apaixonado por retrogames e RPGs clássicos. Sua rede social favorita é o Twitter: https://twitter.com/cyber_woo Sigam-me os bons, maús e os feios !!!