Depois de eu me aventurar em um mundo cor-de-rosa repleto de pôneis coloridos, percebi que meu nível de testosterona caiu um pouco. Precisava compensar, então resolvi vasculhar a biblioteca do NES a fim de encontrar algum titulo bacana.

O que poderia ser mais macho e estereotipado que um game do Conan? Só a espada atravessando o titulo já transmite masculinidade… ou não?

LEIAM – 5 Motivos para você comprar um Mega Drive

O game não tem história por um motivo bem simples, Conan matou o roteirista, ele não conta história, apenas conta corpos. Vale ressaltar que ele manja dos paranauê do le Parkour nesse game e esta disposto a matar tudo e a todos usando apenas os punhos, já que as armas são uma merda, então se prepare para pular feito uma gazela por toda a fase.

Sério, cê tu ficar parado, irá brotar inimigos do chão e de tudo quanto é canto, a melhor forma é pular, o que é estranho, pois Arnold Schwarznegger mal corria nos filmes, então podemos dizer que Conan progrediu muito por aqui.

Conan
Os controles são um pouco travados, muitas vezes o pulo sofre um atraso de segundos, nada que não o fará proferir palavras de puro ódio e baixo calão. Um detalhe estranho é que ele não é fiel a nada, nem filme ou quadrinho, ele se resume apenas a matar inimigos várias vezes, aguarda o bicho ressuscitar (Tudo volta a vida nessa joça), pega determinada arma para matar determinado inimigo.

Uma das coisas que não dá para deixar passar batido é a bendita musica, é um inferno de se ouvir. Chata ao extremo e repetitiva demais, dificilmente você consegue chegar até a 3 fase ouvindo as musicas, mas se você procura desafio, jogue em um emulador e suporte a musica inteiro, utilizando de fones de ouvidos.

Se não crescer cabelo no seu peito, nada mais o fará!

Depois de árduas horas pulando e matando inimigos sem ter ideia de onde ir, como um bom macho alpha recorri a detonados.

Conan

Jogando sem ter lido um detonado, você irá ralar feito um burro, pois não existe nada nesse game que indique o que fazer ou para onde ir, além do fato de que tentar derrotar certos inimigos sem determinado item é quase impossível.

Claro, mas se você é um cabra macho, do tipo que gosta de se barbear com uma pedra e masca abelhas quando quer mel, esse é o seu game.

Author: Diogo Batista

Criador e Editor-Chefe do Arquivos do Woo, é um eterno rabugento. Opta por investir seu tempo entre games, filmes, livros e sua família à perder tempo discutindo na internet.