Se você é do tipo que curte tênis colorido e acha que fazer bico e usar
cabelo de menina é ser rockeiro?

Pra começo de conversa, faça um favor a humanidade  e se mate, sério, pode pegar aquela faca de
caça do seu avô e corte a garganta o mais profundo que conseguir.

Corre lá, eu espero!

Bem, agora que eliminamos os vermes, irei apresentar a vocês uma banda
que irá gritar tanto de forma abençoada em seus ouvidos, que vocês precisaram de tampões para conter
o santo sangramento.

A banda se formou em 1997, após um anjo vir a terra e avisá-los que Deus queria ser louvado com guturais e guitarras abençoadas pelo Papa João Paulo II. Naqueles tempos a mulecada não deu muito atenção e seguiu adiante com seu rock satânico, o que levou a diversos atritos interno e mudanças de formação na banda.


Cansados de louvar satanás, seguiram o bendito conselho e não demorou até alcançar o sucesso.

Depois de 3 álbuns repleto de peso, gritos e sangramento auricular, os membros decidiram que deveria amenizar um pouco, berrar com mais calma, assim o vocalista não desmaiaria a cada faixa cantada, então em 2008 nasceu o álbum “The Anti-Mother”.


Brutal e com melodias que ficam gravadas em seu crânio como se tivessem sido cravadas por uma picareta. Esse álbum possui 10 faixas que iram abençoar o ambiente em que ele for reproduzido e afastar funkeiros a serviço de satanás.

The Anti-Mother contou também com a participação do irmão Chino Moreno cantando e auxiliando em algumas faixas, também conhecido como vocalista de uma banda pouco conhecida, Deftones


Particularmente eu não sou um grande fã do Deftones e não admiro tanto o
seu trabalho, mas ficou muito boa as faixas no qual Chino dá aquela força.

Anti-Mother é um álbum ótimo e com uma ótima produção  e bem melódico, comparado aos anteriores – A banda
mesmo afirma que é um dos seus álbuns mais melódicos. E mesmo investindo em
algo diferente os caras conseguiram acertar e criaram um álbum marcante e com
todas as características da banda, soando original.


Eu recomendo a todos aqueles que não conhecem a banda, dedicar algum
tempo ouvindo esse álbum, sem deixar de ouvir os anteriores é claro.




Esse é o meu top 5 do álbum;



1 – Death of
the Anti Mother
2 – Surrender
Your Sons…
3 – Discipline
Your Daughters
4 – Robots: 3,
Humans: 0
5 – And There
Will Be a Swarm of Hornets

O único ponto negativo é que o álbum possui poucas faixas e quando você
se der conta já acabo. Algo muito comum quando o álbum é foda!

A 10 faixa possui 09:27 o que achei desnecessária já que poderia ter
sido incluso algum bônus ou qualquer outra coisa.

Agora fiquem com o videoclipe de uma das musicas fodas…ops, abençoada!

Author: Diogo Batista

Criador e Editor-Chefe do Arquivos do Woo, além de ser um eterno apaixonado por retrogames e RPGs clássicos. Sua rede social favorita é o Twitter: https://twitter.com/cyber_woo Sigam-me os bons, maús e os feios !!!