Depois de uma
longa espera, finalmente pude  assistir
ao novo filme da franquia e acreditem, valeu a espera.


O filme tem
inicio a partir da entrega de um misterioso pacote na casa de Nica (Fiona Dourif), uma garota paraplégica que vive com sua mãe em uma mansão no meio do
nada e distante de qualquer civilização.

O pacote em
questão é o Chucky, ta na cara, certo?


Bem, ainda na
mesma noite a mãe de Nica sofre um “acidente” e morre devido aos
ferimentos.  Nica passa a desconfiar do
boneco, pois ele simplesmente desaparece do nada, principalmente após o
primeiro contato com  Alice, sobrinha de
Nica.



Curse of
Chucky
tem toda a essência dos três primeiros filmes e não decepciona de forma
alguma. 

Diferente dos
anteriores, Chucky não utiliza de ataques diretos ou mortes exageradas (exceto
a do machado, mas isso é o final do filme, então não vale), aqui ele usa o
elemento surpresa muito mais do que nos anteriores, já que poderia levar a pior
em um ataque direto devido ao seu tamanho.

O filme
também apresenta eventos do passado de Charles Lee Ray, algo que simplesmente
explodiu minha cabeça, ele faz com que você enxergue as motivações dos crimes
do Chucky de outra forma.

Pela primeira
vez você vê que ele realmente pensa antes de cometer qualquer crime, há momentos
em que ele simplesmente poderia estripar qualquer um e pular corda com os
intestinos, mas não, ele simplesmente deixa passar, na espera de uma brecha.


Eu recomendo
vivamente, e se você gosta da franquia, principalmente dos primeiros, então com
certeza você vai desejar esse filme em sua coleção.

Author: Diogo Batista

Criador e Editor-Chefe do Arquivos do Woo, além de ser um eterno apaixonado por retrogames e RPGs clássicos. Sua rede social favorita é o Twitter: https://twitter.com/cyber_woo Sigam-me os bons, maús e os feios !!!