Depois de um bom tempo sem me aventurar em games que me
levam as lagrimas, resolvi retornar com mais essa lista dos games mais frustrantes.

Queria esclarecer a todos que os games listados aqui não são
ruins, apenas difíceis ou possuem alguma fase ou uma particularidade que tenha
me frustrado. O conteúdo é baseado em minha experiência pessoal e obviamente pode haver pessoas que nem tenham sofrido tanto com alguns dos games listados abaixo.

E se você não leu a primeira parte, basta clicar aqui – Boa leitura a todos!



Um game frustrante até o osso e que destruiu minha vontade
de continuá-lo depois de diversas mortes. Morrer em um game é algo extremamente
comum, mas
The Immortal leva isso a um nível lazarento. Fui morto 20 vezes por uma maldita minhoca que insistia em
me comer, era um passo errado e lá vinha à minhoca comer o velho.



Impossível não rolar um stress!



Bem, um dos atrativos do game é a violência, posso dizer que
fiquei surpreso com o fato desse game ter chegado ao
NES.


A dificuldade é marca
registrada do game, pois é alta, extremamente alta, e t
enho certeza de que os desenvolvedores devem se orgulhar
por terem criado um game tão difícil quanto esse.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O nível de frustração desse troço é absurdo e irá
traumatizá-lo pelo resto da sua vida. Então optei por acompanhar as jogatinas do
Cosmão (Shugames) que zerou o game em um Retro Challenge e registrou o passo-a-passo para nós meros
mortais.


Graças ao Cosmão, pude descobrir o final do game e nem
precisei me frustrar para isso, então em forma de agradecimento visitem o
SHUGAMES e agradeçam ao Cosmão por esse grande presente.




Conheço algumas pessoas que zeraram esse game, mas
particularmente eu nunca consegui chegar ao seu fim. Milhares e milhares de
inimigos, dificuldade extremamente alta e minhas habilidades em FPS equivalem a
um matador de tartarugas, o que eleva a probabilidade de frustração.


O game é ótimo e provavelmente os amantes de FPS não devem
ter sentido tanta dificuldade. Eu me diverti muito jogando, mesmo não saindo da
3º fase, mas o que importa é que pude explodir coisas e ter armas de grosso
calibre em meu poder.

Só que chegar ao fim que é bom – NADA!

Muito da dificuldade se deve ao grande numero de inimigos, eles simplesmente brotam feito capim, mal podemos prever os movimentos. Mesmo me frustrando muitas vezes, BLACK é clássico do
Playstation 2
e merece ser jogado caro leitor.




Eu sou um cara de cabeça-quente apesar de possuir uma
expressão facial serena e fofa, algo que se perde quando me frustro com um
game.  A expressão serena dá lugar a
urros e berros, e me transformo em um maldito urso polar que acabou de perder uma focá, o que levam os vizinhos sensíveis a se
assustarem.


No tempo que morei sozinho, uma vizinha preocupada veio até
meu portão saber se estava tudo bem comigo. Foi constrangedor, apenas acenei
com a cabeça e voltei a jogar urrando e berrando.

Maldito Ghoul´s Ghost!

O que me frustrou mais naquele tempo, foi descobrir que essa
versão é a mais fácil. Como pode ela ser fácil?

Não interprete mal, eu adoro a história, adoro a arte,
mas esse jogo é o cão chupando manga e fazendo careta, não só é difícil como
obriga você a jogá-lo duas vezes – Como alguém pode ser cruel e desalmado ao ponto de obrigar o
jogador a passar por todo o inferno duas vezes?

Malditos desenvolvedores!



Esse game eu comecei a pouco tempo no emulador de GBC para android, mas logo de cara ele te joga para batalhas com até sete inimigos ao mesmo tempo, o que te obriga a fugir muitas vezes, isso quando você consegue correr.


Dragon Warrior III (Dragon Quest no Ocidente) é um game que requer muita paciência e dedicação, pois é impossível seguir adiante sem passar um bom tempo upando o protagonista. 


A dificuldade é uma das marcas registradas da franquia Dragon Warrior, o primeiro que joguei até o final foi Dragon Quest VIII para Playstation 2, só ele rendeu mais de 100 horas de jogatina e após finalizar o jogo pela primeira vez e agradecer aos céus por concluir, descubro que foi desbloqueado um Plus, onde o game te leva a um certo ponto para que você siga um novo caminho, lá há uma Dungeon onde existem inimigos durões o suficiente para derrotar meus personagens no level 44.

Vocês não tem ideia do inferno que é para chegar ao level 44, são horas vagando a esmo e retornando a dungeons difíceis, apenas para abrir novos poderes e tornar os personagens fortes o suficiente para prosseguir com a história.

Acho que preciso pensar melhor se levo essa jogatina adiante!



Poucos devem conhecer esse game e logo vou dizendo que
jogá-lo sozinho é loucura, recomendo sempre o modo Coop, assim você reduz o
numero de vezes que certamente morrerá.


O game é difícil pra cacete, fases complicadas e chefes que
farão com que você soque o chão feito louco varrido. Não que eu tenha feito
isso e certamente não o fiz…

Há uma fase em especial que foi o meu inferno pessoal e que
limou minha vontade de prosseguir, a fase da bomba relógio. Chegar até certo
ponto do mapa antes de uma bomba explodir, é infernal quando se tem um mapa
grande e complicado.

Joguem e depois em diga o que achou se quiser, me enviem
links do gameplays para conferir, irei gostar muito.



Ninja Gaiden é difícil pra cacete, não consigo encontrar palavras para definir o desafio que esse game proporciona. São diversos inimigos atacando ao mesmo tempo seja no chão ou pelo ar, todos querem mandar nosso ninja ao inferno.

Falando em inferno, vocês o conheceram nas fases de pulos seguidos, pois são lá onde você é atacado por águias sedentas por sangue humano. Pobre do Ryu que não tem tempo nem para respirar, pois logo em seguida Picolos começam a atirar cruzes de madeiras, corredores surgem do nada, atiradores e até o Balrog aparece pra te socar.

É tanta coisa na tela ao mesmo tempo que você  realmente precisa ser um ninja para chegar ao final dessa jornada! Eu tentei chegar ao fim desse game, tentei e se você não acredita, apenas clique no ninja abaixo e veja com seus próprios olhos.
Existem algumas seres especiais que zeram o game com os olhos fechados e dando mortal de costas, mas se você clicou no ninja, provavelmente você viu um ser humano normal e não dotado dessa capacidade.

Ninja Gaiden pode ter transformado a vida de muitos gamers em um inferno, mas foi o desafio de zera-lo que o tornou um dos grandes titulo do Nes e posteriormente SNES. Ouvi dizer que os jogos atuais do Ninja Gaiden conseguem ser tão difíceis quanto os clássicos, alguém comprova tal veracidade?

Espero que todos tenham gostado da lista e deixem seu comentários e indicações de games frustrantes!