Todos conhecem Final Fantasy VII seja por conta daquele seu amigo que não deixa você esquecer o quanto é foda ou qualquer outra lista sobre RPGs, onde normalmente ele está no topo.

Eu nunca joguei mais do que 10 minutos de FF7 e, sinceramente, não sinto lá muita vontade de dar continuidade nessa aventura. Meio que desanimei de investir tantas horas em um único game.

Poxa, passei recentemente por isso ao jogar Dragon Quest VIII,  que apesar de ser um ótimo game, minou um pouco com minha vontade de gastar horas e horas.

LEIAM – Dragon Quest VIII | Terminado meu primeiro DQ

Com Final Fantasy Tactics não foi intencional o investimento de tempo, eu  revirava minha pasta de jogos e vi o disco e pensei: “Oras, porquê não dar continuidade?”.  A surpresa maior foi ver que tinha um save parado de quase uns 3 anos ao começar o game.

Lá se foram horas consumidas de pouquinho e pouquinho, decidido que iria até o fim. Na realidade pensava que fosse um game curto, mas me enganei.

Final Fantasy Tactics

Pra quem não sabe, nesse game controlamos Ramza, um nobre cavaleiro da família dos Beowulf, que junto do seu fiel amigo Delita (Que não é um nobre, o que provoca discriminação por parte dos demais) luta contras todos aqueles que se opõem aos interesses dos Hokuten Knights.

Posso dizer a vocês que o ponto alto do game é seu enredo que prende a atenção todo jogador do inicio ao fim.

Há um crescimento muito grande por parte dos personagens na trama, Ramza, por exemplo, ele não tenta ser herói em momento algum durante o jogo, sua motivação é proteger seus entes queridos e fazer a coisa certa, mas a guerra aos poucos vai mudando sua personalidade e muito de sua inocência se perde durante a jornada.

Final Fantasy Tactics

A sua jogabilidade é semelhante a Tactics Ogres e Ogre Battles, algo que não surpreende já que a Square contratou toda a equipe por trás dos títulos citados.

Aqui temos estratégia e job system (Algo que começou no Final Fantasy V) e que aumenta muito a diversão do jogo. Como diversão não é o bastante acrescente uma trilha sonora fenomenal que provavelmente vai tocar seu coração de pedra.

O game é sensacional e possui um final tão surpreendente que a probabilidade de um enfarte acontecer é grande.

Não acredita? Vá jogar e depois volte aqui e me diga como ficou o seu coração.

Final Fantasy Tactics

Há algumas curiosidades também, como a possibilidade de usar Cloud (FFVII) e Robô (Worker 8), alias, Cloud e Robô são os personagens mais fortes do game, basta dedicar um pouco de tempo e você terá em seu time  duas verdadeiras maquinas de guerrear.

Não vou adentrar em mais detalhes, só posso dizer que Final Fantasy Tactics é um game obrigatórios para os amantes de RPG e ESTRATÉGIA. Ou para aqueles que nunca jogou um Final Fantasy na vida.

Gostou do texto? Compartilha e não esquece de me seguir no twitter: @Cyber_Woo

Author: Diogo Batista

Criador e Editor-Chefe do Arquivos do Woo, é um eterno rabugento. Opta por investir seu tempo entre games, filmes, livros e sua família à perder tempo discutindo na internet.