4 de agosto de 2016

SOUTH PARK - THE STICK OF TRUTH | PEIDANDO EM FETOS ABORTADOS ZUMBIS NAZI


Normalmente quando animações são adaptadas para o mundo dos jogos, elas acaba culminando em jogos incríveis, medianos à ruins, porém, South Park, mesmo depois de alguns títulos no minimo esquecíveis conseguiu nos proporcionar uns dos RPGs mais engraçados e divertido dos últimos tempos. Eu já havia comentando a respeito do Stick of Truth em um meme que participei dois anos atrás: O que você jogou em 2014. E com a recente aquisição, decidi jogá-lo novamente e consegui tirar um proveito maior dessa vez.


Eu sei que existem pessoas que gostaram do jogos lançados no passado, e eu sinceramente não consigo entender a graça de nenhum deles, pois são péssimo ao meu ver, enquanto South Park Stick of Truth, o transporta para um jogo que faz jus a animação e respeita todo aquele universo criado por Trey Parker e Matt Stone.



Durante o jogo você controlará um garoto que acabará de se mudar para South Park, e que após resolver dar uma volta pela vizinhança encontra Butters sendo atacado e resolve ajudar. A partir dai, você descobre que os garotos estão brincando de guerra entre humanos e elfos, e acaba sendo convidado a conhecer mago mestre (Cartman), que convida a ser parte do grupo, então você precisa dizer seu nome, mas não importa, você pode nomear como bem quiser, Cartman vai continuar chamando-o de Sir Babaca. Opte por manter o Douchebag, isso faz com que ganhe uma conquista.


Nesse momento você aprende os comandos do jogo que é bem simples e certamente vai te levar as gargalhadas quando descobrir que peidar é um poder secreto. Principalmente quando Cartman ensiná-lo o poderoso "Urro do Dragão".

O jogo tem um sistema de combate bem simplificado, o que mostra que apesar de ser um rpg, ele foi pensado para que todos pudessem se divertir. Não importa qual o combate que você tenha que encarar, a todo momento ele é divertido e não cansa nunca. Os poderes especiais, armas, tudo faz referencia a episódios e se você é um fã, certamente vai cair na risada quando ver. Há também um sistema de invocação que pode ser utilizado uma vez ao dia e que para ser recarregado você precisa ir até o personagem e conversar para renovar. Acredito que a melhor invocação é a do Sr. Slave, então faça as missões dele o mais rápido possível, acredite.



É preciso reforçar que o jogo é simplesmente incorreto, ele extrapola sem qualquer piedade, e se você é do tipo que fica ofendido e faz textão no Facebook, certamente vai odiar, então passe longe desse jogo. Não bota fé, pois saiba que em uma das missões se passa em uma clinica de aborto e lá dentro é possível conseguir uma conquista, que para consegui-la você deve peidar nos fetos abortados nazistas.

O fato desse humor ácido e tão negro quanto a vantablack é uma das razões desse jogo cair no gosto dos fãs da série animada. Claro, sua jogabilidade simples também é uma das razões, pois ela é criada para que todos possam jogar e se divertir, só que isso não significa que o jogo seja fácil. Ele obriga você a pensar e criar estratégias como em qualquer outro RPG.


As batalhas contra chefes são difíceis e exige que você esteja bem equipado, mas para isso é necessário ganhar dinheiro e se atentar aos remendos, que são itens que oferecem atributos as armas, roupas e armaduras. 

Oras, pensou que era só gargalhar? Vai ter que suar, cabron.



A campanha principal leva em torno de umas 12 horas, isso se você explorar bastante, mas fique avisado que após a conclusão não se tem muita coisa pra fazer. Faça a campanha principal e pegue os itens que não podem ser pegos depois.

Acredito que esse seja o único ponto negativo do jogo, uma campanha curta, alias, ultimamente é comum os jogos terem uma campanha curta e encher linguiça com sidequest extremante vazias - ou se valer unicamente do modo multiplayer. Não sei quanto a vocês, mas não adianta enfiarem 100 horas de jogos, sendo que nos oferecem apenas 10 horas de campanha e o resto é busca de itens idiotas. Quero missões com algum valor ou história interessante, algo que valha a pena eu sentar e passar mais algumas boas horas em frente a TV.



No geral South Park Stick of Truth é um ótimo jogo de RPG/aventura que vai agradar a todos, exceto aquele grupo que citei lá em cima. Se bem que na maioria das vezes aquele grupo nem joga vídeo games, só fazem estardalhaço mesmo. Fica o recado, não tenham medo de rir do humor negro, ele é inofensivo e tem o intuito de brincar com o absurdo, logo rir desse tipo de humor não define você com um psicopata.

PS: Façam as conquistas do jogo;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário