1 de junho de 2016

MY NIGHT JOB | HOMENAGEANDO ARCADES E OS FILMES DE HORROR [PC]


Tem algum tempo que estou jogando o jogo br My Night Job, porém, devido as correrias do dia-a-dia acabei adiando, mas não dá para adiar mais tempo, o mundo e a internet precisam conhecer esse fantástico jogo brasileiro.


My Night Job coloca o jogador no controle de Reggie, um cara que decide fazer um trabalhinho extra como mercenário, e acaba recebendo a missão de resgatar 100 pessoas em uma mansão infestada de monstros, zumbis, gárgulas, ratos, dobermans - Diversos monstros homenageiam os clássicos filmes de horror dos anos 80/90 - sem nenhum tipo de arma, então só lhe resta ao pobre coitado utilizar dos objetos que encontrar pela mansão como arma.

Eu disse que os monstros são uma homenagem, mas não só eles, pois o próprio Reggie é uma homenagem a um dos protagonistas principais da franquia de filmes FANTASMAS, onde Reggie, um sorveteiro de meia-idade que ajuda seus amigos na luta contra o sobrenatural The Tall man, interpretado pelo saudoso Angus Scrimm.


Uma das coisas que me surpreendeu foi que ao começar a jogar eu esperava que desenrolasse uma história, pois estamos tão habituados a jogos com enredos e reviravoltas que quando me dei conta que não estava chegando a lugar algum, só me restou rir.

O jogo resgata aquele espirito de competição que havia nos arcades. O objetivo é apenas um: Salvar o maior numero de pessoas nas 26 áreas da mansão. Só que para isso você precisa ser rápido e coletar power ups para que Reggie possa conseguir concluir sua missão. E se você não for rápido o bastante, os monstros destruíram os quatros cômodos da mansão, que no caso é o medidor de energia/tempo. Para se dar bem é preciso se movimentar, nunca ficar focado apenas em um comodo, pois a medida que os inimigos se concentram em um local e não tem você pra dar cabo deles, os malditos começaram a pular no piso como se estivessem no carnaval de Salvador.


As pessoas que você encontraram pela mansão não são tão indefesos quanto parece. Alguns o auxiliaram, pois estão armados com tacos de golfe, machado e até mesmo uma shotgun, mas a medida que você os leva até o ponto alguns fornecerão power ups que variam de itens de saúde, dinheiro ou uma shotgun. Ah, temos os sobreviventes VIPS, que são personagens de filmes, como a Samara do filme O Chamado ou até mesmo o próprio Tall Man, que no caso oferece uma chave para uma porta secreta que ainda não consegui encontrá-la na correria.

É bom para os desatentos vasculha o cenário rapidamente, pois você encontrá uma das armas mais legais de todo o jogo: A motosserra. Com ela você atravessa os cenários eliminando todos os inimigos apenas passando por eles.


Um ponto negativo certamente foi a configuração dos comandos no teclado. Não é nada complexo, mas é fora do habitual AWSD e acaba frustrando, mas pelo bem da humanidade você consegue jogar com um joystick. Isso facilita muito, então jogue no joystick.

My Night Job é um jogo sensacional e que certamente vai proporcionar muitas horas de diversão, principalmente por se tratar de um arcade. Eu to labutando para alcançar uma posição melhor, mas tá difícil, porém, já estou ali na 95º posição (T-T).

Bem, pelo menos eu estou divertindo cada minuto, humph!

O pessoal da Webcore Games em conjunto do gamer designer Philip Magione e o artista Bruno Speranzoni consegui nos trazer um jogo que faz jus ao bons tempo de arcade. Então não percam tempo, comprem esse ótimo jogo e tente bater meu recorde.


Nenhum comentário:

Postar um comentário