16 de fevereiro de 2016

DEADPOOL | INSANAMENTE DIVERTIDO E PROIBIDO PARA MENORES


Deadpool finalmente estreou e como sou um grande fã do personagem, eu não poderia deixar de conferir o filme nos cinemas - E porque minha esposa também queria ver o Ryan Reynolds.

Infelizmente não pude assistir o filme legendado, mas também não me arrependo, pois a versão dublada está ótima. É quase como ler as revistinhas em quadrinhos  do personagem traduzidas em toda a sua gloria e palavrões. Mas ainda assistirei ao filme em inglês!

Chega de enrolações e vamos direto ao ponto: Deadpool é do carai!

O filme tem início de uma maneira simplesmente hilária e todos na sala começam a rir sem o personagem pronunciar uma palavra, apenas como uma imagem que vai se expandindo e nos mostra Deadpool no meio de um capotamento segurando um motoqueiro pelas cuecas.

Oh! mas você vai dar spoilers seu gordo maldito? Não, calma, isso é apenas a entrada, então pode ficar tranquilo que não vai rolar spoiler algum, prometo!

Talvez só esse Spoiler aqui, mas só porquê ele é lindo e pretendo instalar no meu Fiat 147
São quase duas horas de muito humor, tiroteio e palavrões  a todo momento. Não consegui ver uma única pessoa de cara feia ou que tenha se levantado para ir embora por causa do conteúdo ofensivo. Bem, havia uma senhora acompanhando sua filha de aproximadamente 7/8 anos que deve ter saído de lá bem traumatizada com o novo filme do Homem-Aranha.

Gente, eu não consigo compreender como alguns pais chegaram a conclusão que Deadpool é aconselhável para crianças pequenas. Sério, tu leva seu filho pequeno para ver um cara sendo enrabado em tela grande? 

Corajosos os pais de hoje em dia. Só não vale textão depois, hein!


Apesar de ser muito engraçado o enredo traz um vilão bem meia-boca, que no caso é o Ajax, que virou sinônimo de produto de limpeza. Ele é um mutante que não sente dor e tem super força, mas é só isso, de resto só vale pela zoação que o Deadpool faz com o nome dele durante todo o filme. Não to dizendo que é ruim, mas é um vilão mediano, apenas isso.

O melhor personagem... melhor soa errado, quero dizer: Um dos personagens mais legais durante o filme é o Colossus do X-Men. No segundo filme da franquia X-Men ele aparece, faz uma ponta e some, mas aqui ele é todo digital e com o aspecto do quadrinho. Ele é enorme e muito gentil, diga-se de passagem.

Todas as aparições do Colossus rendeu muitas risadas, pois o sujeito é um grandalhão educado e repleto de frases de efeitos. tipico de super heróis. E por outro lado você tem a Negasonic Teenage Warhead, ou Sinead O'Connor para encurtar. Ela é uma mutante adolescente aborrecida que está aprendendo a ser uma X-Men com o Colossus, e que além de linda é capaz de explodir tudo a sua volta.



Outro ponto interessante é que o filme é cheio de referencias e isso deixa implícito que o filme foi feito para os fãs, então se alguém sair de lá reclamando do filme, pode ter certeza que ele gosta de Wolverine Origins

Ninguém que goste daquela tranqueira poderia curtir esse filme, principalmente porque aqui você vai ver cabeças sendo decepadas, braços, amputação de uma mão e diversas referencias a masturbação masculina.

Oh! Meu Deus! Ele falou de masturbação! É isso mesmo, diversas referencias a brincadeira nº1 dos homi opressor.




Mal posso acreditar que com um orçamento pequeno eles conseguiram nos proporcionar um filme tão fiel e politicamente incorreto. Não é a toa que tem gente no twitter chamando o filme de homofóbico e misógino. 

Bem, ninguém liga para esse povo mesmo, fodam-se eles! Os 10 Mandamentos ainda está em cartaz, dá tempo de dar um dinheirinho ao Edir Macedo.

Enfim, a batalha final é rápida e assistir a namorada do Wade morrer realmente levou a plateia as lagrimas. Recordo que um tiozinho foi obrigado a entrar com um rodo para secar o chão que foi praticamente lavado com a enxurrada de lagrimas.

Depois de secarmos as lagrimas ainda temos as cenas pós-créditos, que faz referencia a um filme antigo que eu nem curto. E ainda assim foi muito divertido, mesmo depois de eu ter gritado para o maluco do cinema que estava pedindo que saíssemos da sala. Eu paguei para ver o filme completo, então tenho o direito de ficar sentado até ler nos créditos o nome do cara responsável pelo café da equipe de filmagem, humph!

Depois de rir, chorar e gritar várias vezes palavras de baixo calão, é chegado a hora de ir embora. Eu olhava para a tela e não podia acreditar que duas horas haviam se passado tão depressa. Foram momentos inesquecíveis que esse mercenário tagarela me proporcionou em uma tarde de domingo quente feito o inferno - Pois o ar condicionado da sala não foi ligado.

É isso, assistam Deadpool e não levem as crianças, façam elas esperarem até que seja exibido em TV aberta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário