30 de agosto de 2015

PAI DÁ RESPOSTA SURPREENDENTE: É PELOS 15!


Uma das coisas mais divertidas da internet é o fato de que alguns vídeos se tornam febre em uma velocidade incrível. Há vídeos de bebês gargalhando e pandas  que alcançaram milhões de acessos no YouTube. Tal feito acaba sendo veiculados por todos os canais de notícias.

Sim, é triste, mas alguns vídeos que mereciam estar nas Vídeos Cassetadas do Domingão do Faustão, são tratas como notícias.

Esse é o tipo de notícia que estimula as pessoas buscarem cada vez mais por seus 15 minutos de fama. Por exemplo: O pai de um garoto foi até uma loja de brinquedos trocar um brinquedo repetido que a criança havia ganhado. Quando questionado qual gostaria de levar, o garoto optou por uma boneca da Ariel, a pequena sereia. Ele levou a boneca
que seu filho pediu e ponto final, certo?

Errado!

A saga da troca do brinquedo ganhou repercussão após o pai decidir produzir um vídeo relatando que comprou uma boneca para seu filho - Todos sabemos que uma boneca não definirá o sexo do garoto. Só que o pai quis parecer moderninho e pra frentex. Então utilizou de frases clichês sobre o quanto o amor prevalece na hora do garoto decidir se será Barbie ou o Ken - Pera, o moleque só queria a boneca da pequena sereia e o pai  agindo como se ele tivesse passado por uma cirurgia de mudança de sexo ou se assumido homossexual.

Qual o objetivo de expor o próprio filho, sabendo que não houve uma intenção oculta por trás da ação da criança?

Eu sou cético e ao meu ver o cara está apenas em busca dos seus 15 minutos de fama as custas do seu filho pequeno. Eu acho isso bem triste, principalmente ao ver que a grande maioria apenas se preocupa em apontar a mensagem como "tapa na cara da sociedade", mas não se questionam nas consequências dessa exposição ao menino.

Creio eu que para se passar uma mensagem importante, não era necessário expor o filho dessa maneira. Apesar da mensagem claramente ser positiva, outras criança provavelmente contribuirão para fazer a vida do garoto em uma inferno. E não me venham com o papo de que intolerantes não passaram e todo aquele blá, blá, blá. O ser humano é cruel, assim como crianças são cruéis entre si - Vocês sabem do que estou falando.

A reação que um pai deve ter quando seu filho pede uma boneca deve ser a mesma com qualquer outro brinquedo, pois brinquedos não definem a sexualidade de uma criança, principalmente na idade do garoto do vídeo.

O pai no caso, tem um canal no YouTube e após esse vídeo estourar - Hoje está com mais de 2 milhões de visualizações, passou a relatar o seu dia-a-dia com a família. Claro, além de uma foto do garoto segurando um Optimus Prime e a Pequena Sereia como capa do canal. É, puro amor!

Bem, é uma pena que bons atos hoje em dia precisem de câmeras e publico, caso contrário são interpretados apenas como contos que as pessoas não se importam. Isso faz valer a expressão " De boas intenções o inferno está cheio".

Eu não vou inserir o vídeo aqui por motivos óbvios, não vou contribuir com os bon$ motivo$ do pai.


Via Leo S. que compartilhou no FB a notícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário