3 de julho de 2015

JAMES " O INCRÍVEL" RANDI | UM HOMEM QUE TODOS PRECISAM CONHECER


Vivemos um momento em que grande parcela das pessoas preferem acreditar em forças sobrenaturais a encarar os fatos de que existem explicações lógicas para quase tudo. E basta uma rápida passada pela internet para ver que o charlatanismo ainda está em alta e as vitimas ainda caem nos mesmos truques - paraplégicos que voltam a caminhar, depois do pastor curá-lo? Não fode!

Bem, é muito triste ver que o número de pessoas sendo enganadas diariamente vem crescendo cada vez mais. Estamos no século 21 e os truques evoluíram e continuam fazendo novas vitimas

Eu entendo a necessidade do ser humano crer em algo, por mais absurdo que as vezes possa parecer, mas se esforçar para enxergar a maldade é lei nessa selva. Felizmente um homem chamado James Randi, cansou de ver os necessitados serem explorados e decidiu combater os "superpoderes" de alguns charlatões.


Sylvia Browne foi uma paranormal que aceitou o desafio de Randi, mas nunca compareceu para ser testada. Ela tem a habilidade de falar com os mortos... AHAMM, sei!
Randall James Hamilton Zwinge, nasceu em 1928 no Canadá, e ainda em sua adolescência mudou-se para o Estados Unidos onde se naturalizou.

Randi era um mágico de sucesso, teve seu próprio programa e quebrou o recorde do famoso Houdini, onde ele ficou por 104 minutos preso em um caixão de metal que foi imerso em uma piscina. Depois de anos se apresentando, Randi decidiu que era hora de se aposentar, então aos 60 anos deixou o mundo da mágica e começou a desvendar o charlatanismo.

Nos anos 70 esse bom velhinho entrou em uma briga ferrenha com o suposto paranormal, Uri Geller. Um israelense que entortava garfos, facas, colheres e insistia em afirmar que possuía poderes. Randi então passou a frequentar todos os programas que Geller frequentava e repetia os mesmos truques, só para provar que aquilo era um truque, e isso irritava profundamente o paranormal.

Ironicamente em uma reunião na qual Randi estava replicando os truques de Geller, um professor que estava na plateia o chamou de fraude, e Randi respondeu "Sim, de fato. Eu sou um enganador, sou um trapaceiro, sou um charlatão, é esse meu meio de vida. Tudo o que eu fiz aqui foi conseguido através de truques." . 



O professor em seguida respondeu "Não foi isso o que eu quis dizer. Você é uma fraude porque você está fingindo que está fazendo essas coisas através de truques, mas na verdade você está usando poderes sobrenaturais e nos enganando, por não admitir isso."

Esse professor é um claro exemplo de que o desejo de crer no sobrenatural é maior do que a razão, mesmo com o mágico aposentado alegando que tudo não passava de um truque.

Randi também desmascarou o paranormal chamado James Hydrick em um programa, além de oferecer 10 mil dólares caso ele pudesse passar no teste que havia desenvolvido exclusivamente para ele. 

Abaixo você pode conferir o vídeo e tente não se urinar de rir com a cara do cosplay de Rock lee:



A alegação do Rock Lee, de que a luz e o plástico estavam gerando estática o que exercia peso nas paginas da lista telefônica não foi bem aceita pelo incrível Randi.

Além de desmascarado, Rock Lee foi preso em 1989 acusado do crime de molestar cinco crianças. E seu truque que antes ele alegava ter aprendido com um mestre do kung-fu não passava de algo que ele desenvolveu no tempo em que passou na prisão, antes de fugir.


Olha só, eu tenho certeza de que Gai sensei não esperava isso de um discípulo dele.

Bem, no ano de 1996 Randi fundou a James Randi Educational Foundation, onde dá suporte a pessoas que tiveram suas vidas arruinadas por esses charlatões, além do ensino de ciência e matemática. A fundação também oferece o premio de 1 milhão de dólares a qualquer candidato que possa provar seu poder sobrenatural sob condições de comum acordo para um teste.


James Randi auxilio Alice Cooper em diversos shows com o truque da guilhotina, e até mesmo aparece em alguns videoclipes.
Obviamente ninguém NUNCA conseguir levar o dinheiro, que por sinal é uma das maiores provas de que NÃO EXISTE poderes paranormais.

Randi também desmascarou o evangélico Peter Popoff, que se auto proclamava profeta e que possuía poder de cura pela fé - Um tipo de charlatão bem popular por nosso Brasil varonil.

Popoff alegava realizar curas de todos os tipos de enfermidade e orientava que seus fiéis não ir á médicos, mas sim o procurá-lo. Randi depois de analisar cuidadosamente , percebeu um pedaço de plástico minusculo no ouvido de Popoff, mas não tinha como constatar se era um aparelho auricular ou um ponto de rádio, e para desvendar o mistério, contratou um investigador e o orientou como agir em um dos cultos de Popoff. O investigador utilizou de um aparelho no qual captava frequências de rádio, e após alguns minutos foi identificado uma voz em uma das frequência. O investigador gravou a conversa entre Popoff e a voz feminina, que pertencia a esposa do profeta.

Randi participou de um programa e durante a entrevista surpreendeu a todos ao desmascarar o profeta fajuto em rede nacional.


Sim, o vídeo da vergonha esta abaixo:


Infelizmente ele continua sendo um escroto e roubando dinheiro dos pobre desafortunados, pois uma vez escroto, sempre escroto.

James Randi lidou com todos os tipos de falsos profetas, paranormais, encarnações de espíritos antigos e todos eles no final se mostram grandes fraudes - Até mesmo a homeopatia não fugiu ao olho clinico do bom velhinho.

Hoje Randi esta com seus 86 anos, e continua chutando a bunda dos vagabundos que querem lucrar em cima dos mais frágeis. Ele também tem diversos livros publicados e um filme que foi feito a pouco tempo e se chama "An Honest Liar" ou traduzido de maneira literal "Um Mentiroso Honesto".

Eu recomendo vivamente que todos assistam ao filme e leiam os livros, pois tenho certeza que conhecimento nunca é demais quando se tem uma corja de sanguessugas querendo o seu suado dinheiro.

Abaixo você confere uma de suas palestras:



Espero que todos tenham apreciado a leitura e até a próxima.

2 comentários:

  1. sucodelarAngela™05/07/2015 13:00

    Excelente texto, Diogo!

    Olha, eu lembro bem de Uri Geller, tenho até revistas da década de 80 que falam sobre os feitos dele e tals, mas mesmo com o desmascaramento dele, muita gente acredita até hoje nos poderes do cara. É bem o que você disse mesmo, as pessoas tem uma necessidade infindável de acreditar que existe "algo mais" nesse mundo.

    E como meu velho diria, "o mundo é dos espertos". Esses caras aproveitam a ingenuidade e, porque não dizer, a burrice de muitos pra cre$cer na vida e o maior exemplo disso são os pastores evangelinazis que temos por aí. Não tive como lembrar de uma pesquisa que saiu um tempo atrás que dizia que a maioria dos fanáticos religiosos tem QI baixo, o que justifica o fato de serem tão facilmente manipuláveis. Segue links:

    http://www.bbc.com/portuguese/reporterbbc/story/2008/06/080612_inteligenciareligiao_mp.shtml

    http://super.abril.com.br/blogs/cienciamaluca/ateus-e-liberais-tem-qi-mais-alto-diz-pesquisa/

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado, Angela!

    Meu velho era assinante da revista UFO nos anos 80 e foi lá o meu primeiro contato com Uri Geller e, recordo que ficávamos estarrecido com o quão poderoso ele era, hahaha!

    O seu pai é um homem sábio, pois quem é esperto reina sob a ignorância alheia e, esses pastores é são a prova viva.

    Essa matéria da BBC eu conhecia, enquanto essa da Super Interessante me passou batida.

    Elas são exemplos claros de que o cérebro foi criado para questionar o mundo a sua volta e não aceitar tudo o que enfiam-nos goela abaixo, hahaha! Se mostrarmos isso a qualquer evangelinazis, é certeza de pitti por horas, hahaha!

    "Uma das hipóteses que o estudo levanta para tentar explicar a correlação entre QI e religiosidade é a teoria de que pessoas mais inteligentes são mais propensas a questionar dogmas religiosos "irracionais"."

    Turn down for what? hahahahahaha!

    Obrigado pelo comentário e cola ai na quebrada sempre o/

    ResponderExcluir