27 de setembro de 2014

A POSSESSÃO DE MICHAEL KING [2014]


Fim de expediente, então nada de preguiça ou desculpas para dar uma volta, pegar um cineminha, exceto que talvez você esteja tão duro quanto eu...  então acho melhor escolhermos um um filme para assistir.

Provando que você não esta sozinho e que fazia um tempo que não postava uma nova dica de filme por aqui, trago a vocês A Possessão de Michael King.

O filme conta a história de Michael King, um pai de família que esta convencido a mostrar ao mundo que Deus e o Capeta são contos da carochinha.

Sua motivação está na perca de sua esposa, que recusou uma viagem em família a Europa após consultar uma cartomante. Porém,  na semana seguinte veio a ser atropelada e falecer.

Definitivamente esse é o tipo de coisa fode com a cabeça de qualquer pessoa - Não que provar a inexistência de algo seja coisa de ateu pirado, mas esses tipo de choque fode geral.

Michael começa então uma jornada rega a  praticas de magia negra e idas a igreja universal, mas como nós sabemos que lá Satanás tem hora marcada, ele então busca auxilio com um casal de demonologistas. A partir daqui ele recebe o simbolo satânico do homem-aranha peito.


O que? Olha bem para imagem, impossível não lembrar do simbolo do homem-aranha, mas desenhado por um cara cego e sem as duas mãos.

Bem, após a execução do ritual com o casal - Além do abuso enquanto ele estava amarrado - Michael volta para sua casa e tenta seguir com sua busca pela verdade.

Só que agora as coisas estão um pouco diferente.

Michael passa a sofrer com um ruído que apenas ele parece ouvir. E isso tem acabado com suas noites de sono, o que passa a debilita-lo fisicamente. De inicio ele pensa ser apenas coisas de sua cabeça, mas conforme a história progride, o personagem começa a questionar sua sanidade.


Depois de diversos estranhos acontecimentos, Michael começa a preocupar-se com a segurança de sua filha e percebe que precisara tomar uma atitude rápido, caso não queira que nada de ruim aconteça.

Que filme foda!!

Uma das coisas mais legais desse filme é que ele deixa bem claro que o personagem vai se ferrar, mas você não imagina que seja tanto.

Obviamente que eu não irei gerar spoilers ou dizer que o filme é ruim, pois nessa seção só indico filmes que eu considero BONS. Críticas existem aos montes, então se espera me ver criticando iluminação e etc... esta no lugar errado parceiro.


Quando for assistir ao filme, desligue as luzes e traga o cobertor para perto do rosto, vai precisar.


15 de setembro de 2014

Bora Zerar: Shinobi #02

Trago a vocês a segunda parte do meu detonado, espero que gostem e se divirtam. Não estranhem a demora entre um e outro gameplay, pois jogo e faço as gravações no meu pouco tempo livre.


Na batalha contra o chefe dessa fase rola um bug que nunca havia visto em todos esses anos.


Gostou do conteúdo do blog? Então não perca nenhuma novidades me seguindo nas redes sociais abaixo;

Twitter: https://twitter.com/Cyber_Woo 
Facebook: https://www.facebook.com/ArquivosDoWoo

3 de setembro de 2014

LISTA | 7 FILMES PARA FAZEREM VOCÊS CHORAR


O homem que diz não chorar, provavelmente nunca levou um chute na pélvis ou assistiu a "Rei Leão" - Um clássico que levou crianças e adultos as lágrimas.

Obviamente que todos choramos, basta ser provido de sentimentos, porém, nosso dia-a-dia exige que sejamos duros, guerreiros, porém, temos dias em que procuramos por filmes que possam despertar o nosso lado mais sensível, apenas porquê chorar faz bem, então resolvei trazer a vocês alguns dos títulos que os levaram ao choro de soluçar.

Começaremos com uma história baseada em eventos reais;



Animais fofinhos são uma das melhores formas de atingir o coração de pedra daquele seu parceiro carrancudo e metido à cabra macho. Isso se ele realmente tiver um coração.

Sempre ao seu lado conta a história de amor e lealdade de um cão da raça Akito e um professor universitário. 

A relação tem inicio quando Parker (O professor) encontra Hachi (O cão) em uma estação de trem e com pena do cachorrinho, acaba por o levar para casa. Desde então, Hachi o acompanha todos os dias a estação de trem pela manhã e sempre está lá quando o mesmo retorna e... 

Não posso contar mais nada, pois você precisar assistir, é lindo! 

Se você ou seu namorado(a) não chorar com esse filme, espere-o adormecer e jogue óleo quente em suas partes intimas. tenho certeza de que ele é um pedaço de madeira, pois é impossível não se comover com esse filme.

Eu fico deprimido só de lembrar... Maldito suor masculino que não para.

Só a fofura do cachorro quase que me obriga a dedicar meu tempo para assisti-lo novamente, mas vamos deixar um pouco o Hachi de lado e partir para uma jornada em busca da cura para a Aids.


Eis um filme que desabei em lagrimas quando ainda criança, e até mesmo nos dias de hoje eu choro sempre que revejo.

O filme nos conta a história de Erik, um garoto solitário que se torna o melhor amigo de Dexter, um garoto de 11 anos com HIV.

Após descobrirem que um médico alega ter descoberto a cura do HIV, juntos se lançam em uma jornada a fim de curar Dexter. Enquanto tentam chegar ao estado onde o médico reside, Dexter e Erik planejam as novas aventuras que poderão realizar após a cura durante todo o caminho.

Homens se emocionaram como se estivessem assistindo ao final de um campeonato de futebol, não tenho dúvidas. Não sintam vergonha, pode empoar o nariz na camisa e mostrar a namorada, pois isso é motivo para se orgulhar, você tem sentimentos, não é um pedaço de pau.

Infelizmente o filme não parece ser tão famoso por aqui,  mas ele emocionou muita gente durante a sessão da tarde. E se você ainda não foi emoção o suficiente para o seu coração, então assista ao filme...


Uma história comovente e que provavelmente fara com que seu parceiro abrace o travesseiro fortemente contra o peito e chore baixinho por dias.

O responsável por essa película nada mais é que o grande Clint Eastwood, que apesar de ter testosterona o suficiente para repovoar o planeta terra 3 vezes, também possui uma sensibilidade e delicadeza incrível e como diretor consegue transportar isso para a tela.

O filme aborda o encontro de Butch Haynes (Kevin Costner), um fugitivo da prisão que ao invadir uma casa acaba topando com o pequeno Phillip de 7 anos e o leva como refém. Enquanto Butch tenta fugir do detetive Red, um laço de amizade entre os dois desenvolve.

Esse filme é garantia de lágrimas aos montes!

Mas se não for o suficiente para amolecer essa pedra cabeluda que você carrega no peito, se prepare.


Recém-casal compra um cachorro e a partir dai iremos acompanhar o crescimento de Marley e a forma em como ele afeta a vida do casal.

Um filme tocante e que irá marcar a todos, particularmente eu não quis assistir ao filme na primeira vez ou ler o livro (pensei que fosse uma história bobinha), mas ao descobrir que é baseado em eventos reais, resolvi dar uma chance, então assisti e posso dizer a vocês que é uma lição de vida.

Você vai sorrir, gargalhar, ficar apreensivo mas no final vai se emocionar pra valer, caso não seja uma pedaço de pau...



Se você quer chorar logo de cara, então assista essa magnífica animação, e que conta com a memorável dublagem de Chico Anysio.

O longa nos conta a história de Carl, um idoso que vem levando uma vida amarga e solitária desde o falecimento de sua esposa, mas que decidi sair em uma aventura, só para realizar um sonho a muito atrasado, da falecida.

Você deve estar se perguntando "Cara, onde esta a tristeza?"

O inicio do filme conta a infância de Carl, desde o encontro com sua esposa até o triste adeus, então lhe alerto, que apesar de ser uma animação maravilhosa, o inicio é extremamente emocionante.



Esse é um dos filmes mais tristes que assisti até os dias de hoje, e não adianta citar nenhum romance brega, pois ele não supera essa obra prima.

O filme conta a história de Joseph Merrick, britanico que nasceu com uma doença rara e que causava deformações brutais em cerca de 90% do corpo dele. Ainda jovem fugiu de casa devido aos maus tratos da madrasta, o que o levou ao circo de aberrações, onde depois de um longo tempo, teve contato com o médico Frederick Treves, que ofereceu ajuda ao pobre rapaz.

Eu chorei durante todo o filme, mal conseguia conter as lágrimas ou dizer qualquer palavra enquanto o assistia. É um filme que fara você refletir sobre diversos pontos de sua vida e talvez mude a sua vida, pois a minha ele mudou.




Se você ainda não se recuperou do soco emocional que levou com Homem Elefante, então nem veja esse filme - Agora, se você ainda não chorou o suficiente, então se prepare para um dos mais belos e triste trabalho de Robert De Niro e Robin Williams (Que Odin o tenha!), pois esse daqui é hardcore.

O filme narra a história de Malcolm Sayer, um neurologista que conseguiu emprego em um hospital psiquiátrico. Lá ele topa com alguns pacientes que estão a anos em um estado de catatonia.Porém, desconfia que eles estão apenas adormecidos e depois de algumas pesquisas desenvolve uma droga que os traga de volta, a L-DOPA.

Sayer cria afeto por Leonard Lowe, sendo ele o primeiro paciente a passar por esse tratamento. O tratamento funciona e gradualmente Lowe começa a conhecer os pequenos prazeres da vida.

Esse filme é baseado no livro de Oliver Sacks, que seria o real Malcolm Sayer e foi escrito nos tempos em que trabalhou no hospital.

Essa foram algumas dicas de filmes para você que gosta de se sensibilizar, então espero que tenham gostado e até a próxima.